Criança morre após explosão de foguete em Governador Celso Ramos

Um menino de sete anos morreu neste domingo, 07, por volta de 9h, após a explosão de um foguete na Praia das Cordas, em Governador Celso Ramos, na Grande Florianópolis. Segundo a Polícia Civil, um homem estava atirando foguetes na praia desde cedo, onde a criança e outras pessoas se banhavam. Ele foi preso em flagrante, mas solto no final da tarde. 

Um dos foguetes foi lançado para o mar e explodiu na água, entre o garoto, Murilo Theisen, e o pai dele. O próprio pai foi quem retirou da água o filho. Os bombeiros foram acionados e fizeram os primeiros socorros, mas não foi possível salvá-lo. O comandante de operações aéreas do Corpo de Bombeiros, major George de Vargas Ferreira, que atendeu à ocorrência, disse que, em princípio, o foguete não atingiu a criança.

Segundo o comandante, não havia lesões aparentes de choque no peito do menino. Porém, só o exame cadavérico do Instituto Médico Legal poderá precisar o que causou a morte. O documento deve ficar pronto ao longo da semana. Conforme as informações que os bombeiros apuraram no local, o garoto teria desmaiado no colo do pai após a explosão.

Quando o helicóptero Arcanjo chegou ao local, havia banhistas fazendo massagem cardíaca no menino. Os socorristas continuaram com os procedimentos por cerca de meia hora, mas sem sucesso.

Foto: Reprodução / Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *